terça-feira, 25 de novembro de 2008

PASTORLA DA JUVENTUDE...


"Pastoral da Juventude é a ação dos jovens como Igreja, unidos e organizados a partir dos Grupos de Jovens. É a juventude evangelizando outros jovens em comunhão com toda a Igreja."

A história da PJ começa em 1973, ou até antes com a Ação Católica Especializada: JAC (Juventude Agrária Católica), JUC (Juventude Universitária Católica), JEC (Juventude Estudantil Católica) e JOC (Juventude Operária Católica). No final da década de 70 e no início dos anos 80 a Igreja vivia um período de grandes expectativas, pois os documentos de Medellín e Puebla trouxeram novos ares para a ação pastoral com a opção concreta pelos pobres e pelos jovens.

Esta opção possibilitou ampliar o trabalho que vinha sendo desenvolvido com a juventude para a construção de uma proposta mais orgânica. Assim, a PJ inicia definindo como missão: Somos jovens, cristãos, católicos, organizados como ação da Igreja evangelizando outros Jovens, para que, capacitados, atuemos na própria Igreja e nos movimentos sociais visando à transformação da sociedade em todo o Brasil.

Nesta caminhada de 24 anos, a organização da PJ esteve sempre atenta aos gritos e necessidades das diferentes realidades juvenis e à sua forma de se organizar. Assim, valorizou e incluiu novas experiências de trabalho com a juventude a partir de seu meio específico:

PJ Rural, PJ Estudantil e PJ do Meio Popular. Essa realidade lhe exigiu uma nova forma de se articular e se organizar, levando-a a reorganizar sua metodologia para chegar aos adolescentes e jovens. A PJ está organizada em todas as regiões e estados do Brasil, com cerca de trinta mil grupos de jovens. Sua organização é regional, conforme a da CNBB, composta por 17 regionais.

Cada regional tem sua organização própria com sua Coordenação Regional e Comissão de Assessores. Muitos regionais têm sua secretaria e equipe executiva. CNPJ A Comissão Nacional da Pastoral da Juventude (CNPJ) - é composta por um representante de cada regional. Esta comissão tem o papel de ser articuladora, animadora e elo de ligação da PJ e regionais. Também delibera sobre questões gerais de comunicação e encontros.


O Jovem evangelizador do próprio jovem

A Pastoral da Juventude busca aprofundar e viver a fé, atuar na comunidade, descobrir como transformar a realidade e, junto com os demais grupos, ser evangelizador de outros jovens, já está sendo e fazendo Pastoral da Juventude.

O grande objetivo é despertar os/as jovens para a PESSOA e a PROPOSTA de Jesus Cristo, desenvolvendo com eles um processo global de formação a partir da fé para formar líderes capacitados/as para agirem na comunidade, na própria Pastoral da Juventude e em outros ministérios da Igreja, nos diferentes meios como a escola, a universidade e a zona rural, comprometidos/as com a libertação integral da pessoa e da sociedade, levando uma vida em comunhão e participação (Doc. 76 – CNBB).

O jovem é, ao mesmo tempo, sujeito e destinatário da missão que realiza. De acordo com o Documento Vaticano II, os jovens "devem converter-se nos primeiros e Imediatos apóstolos dos jovens, exercendo o apostolado pastoral entre seus próprios companheiros, levando em conta o meio social em que vivem".

Evangelizar, partindo da condição dos jovens, e anunciar, nos compromissos assumidos e na vida cotidiana, que o Deus da Vida ama os jovens e quer para eles um futuro diferente, sem frustração nem marginalizações, em que a vida plena seja fruto acessível a todos. Por isso, somos testemunhas da esperança, comprometemo-nos a mudar as condições de vida em nossa sociedade e procuramos "aprimorar a História". Esta é a alegria que experimentamos e queremos compartilhar com outros jovens.

Deve ser também objetivo da Pastoral da Juventude preparar os jovens para relações pessoais sociais, para o exercício da cidadania e da consciência crítica. O individual e o coletivo são como duas partes que formam um todo. Fonte: Jornal - "MISSÃO JOVEM"

http://www.pime.org.br/missaojovem/mjjovenspastoral.htm

2 comentários:

alana disse...

Sem dúvida a Pastoral da Juventude é um dos movimentos que mais ensina nós jovens a se tornamos melhores cidadãos.

Léo de Pirapó disse...

E AI GALERA JOVEM,PAZ E BEM A TODOS
pJ PRA MIM É UMA OPÇÃO DE VIDA, POÍS EU VIVO O QUE EU ACREDITO, NÃO VAMOS DEIXAR ESSA HISTÓRIA acabar EM NOSSA DIOCESE, OK!
" pj AQUI, pj ALI pj EM TODO LUGAR!"
Léo de Pirapó